Livro A Garota no trem: Um thriller psicológico que demonstra bem a complexidade humana

Obra de Paula Hawkins, publicada em 2015.

Se você gosta de thrillers, com certeza vai gostar desse livro. Pode parecer um pouco clichê, mas a ideia de que nada é o que parece, cabe bem para essa obra, nós nunca conheceremos as pessoas com base nas aparências.

A história é narrada do ponto de vista de três personagens femininas: Rachel, Anna e Megan, isso enriquece muito a história.

Rachel Watson tem 32 anos é alcoólatra e recém divorciada de Tom – atual marido de Anna. Aparentemente a incapacidade de conceber um filho gerou em Rachel uma depressão que culminou no alcoolismo. A mesma entra em uma espiral de autodestruição, que engendra o fim do casamento e a posterior perca do emprego.

A referida personagem se torna uma stalker, bisbilhotando do trem um casal atraente (Megan e Scott, que ela apelida de Jess e Jason), que vive a algumas casas de sua antiga residência, onde mora o ex-marido Tom, com Anna e sua filha Evie.

Rachel persegue insistentemente a atual esposa de Tom, aparecendo em frente à casa dela constantemente. Em determinados momentos ela pula a cerca, pega a criança no colo, às vezes bate no vidro, grita pelo ex-marido, ou seja, um inferno.

Na verdade, Rachel é incapaz de seguir em frente, é extremamente apegada a figura de Tom, à sua antiga casa e vida. É uma personagem que irrita um pouco, no entanto, todos nós estamos sujeitos ao fundo do poço e por isso, acabamos tendo compaixão da mesma.

Megan e Scott parecem para Rachel, vendo-os do trem, um casal perfeito. Megan é bonita, feliz e casada com um homem bonito e devotado! No entanto, essa moça tem um passado escondido que lhe rende muita insônia. Rachel vê do trem Megan dando um beijo em um homem que não é Scott, posteriormente Megan desaparece e Rachel tenta ajudar a polícia a desvendar o mistério.

No final eu fiquei muito triste pelas muitas (e muitos) Rachels, que existem no mundo, são maltratadas, postas de lado e não tem forças para dar um basta.

Não poderei escrever mais que isso, senão corro o risco de dar spoillers. Fica a dica de um livro que tem personagens bem construídos, demonstrando principalmente aparências são somente aparências.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s