Uma opinião: Filme Estolcomo (Stockholm)

Direção: Rodrigo Sorogoyen
A princípio o filme parece mais uma comédia romântica, mas com certeza você acabará se surpreendendo com a história.
Um rapaz denominado ele (Bartolomeo) vai a uma festa a fim de conquistar garotas e divertir-se. Nesse lugar o jovem interessa-se por uma moça e faz de tudo para conquistá-la. Repetidamente o Dom Juan lança todo o tipo de conversa sedutora para conquistá-la, dando inclusive a chave do seu apartamento para a personagem.
Ela (não aparece o nome no filme) vai para a casa dele, mas deixa claro que não tem interesse de beijá-lo e nem de ter relações sexuais. Ele faz de tudo para conseguir seu intento inclusive diz que sairá nu pelas ruas, gritando sobre sua paixão por ela.
Após passar a noite juntos, pela manhã, ele já não é o rapaz tão gentil e amoroso, mas é uma figura seca, demonstrando uma ansiedade para que a moça vá embora. Daí a trama torna-se inusitada.
Ela recusa-se a ir embora, dizendo que está apaixonada por ele. O rapaz descontrola-se, tentando fazer com que a mesma o obedeça.

O filme pretende basicamente discutir o machismo e a transformação da mulher em objeto. O homem que não sabe ouvir um não e insiste em seu objetivo, mas quando a situação se inverte ele se descontrola.

A obra vale para refletirmos o quão grave pode ser a pessoa, de forma egoísta e irresponsável, brincar com os sentimentos de uma pessoa.

Anúncios

Um comentário sobre “Uma opinião: Filme Estolcomo (Stockholm)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s