Resenha Documentário Netflix: Tricked – (Enganado). Por dentro de como ocorre o tráfico sexual nos Estados Unidos.

“20,9 milhões de pessoas são vítimas de tráfico de seres humanos por todo o mundo mais que a população de Nova Iorque, Chicago, Miami, Houston e Los Angeles juntas. Há mais pessoas submetidas à escravatura hoje do que em qualquer outra época.”

Um comércio que lida com 87 milhões de dólares.

 

O documentário da Netflix Tricked versa sobre mulheres vítimas de escravidão sexual nos Estados Unidos. São entrevistadas várias vítimas, cafetões, psicóloga, clientes e policiais envolvidos no combate a esse crime perverso.

Resultado de imagem para tricked documentário

A cena mostra uma jovem prostituída na rua. Imagem de divulgação.

O que mais chama a atenção é a relação do cafetão com a mulher prostituída.

Os cafetões primeiramente ganham a confiança da vítima, fingindo-se de namorados, às vezes, fazendo papel de pai “cuidando” das mulheres e assim, dão-se início os abusos. Com cada mulher esses homens agem de maneira diferente, são múltiplas as estratégias, que vão desde espancamentos até a defesa delas diante de clientes perigosos.

A relação é completamente desigual a maior parte dos rendimentos vai para o cafetão, a mulher fica com muito pouco.

Resultado de imagem para tricked documentário

Triste realidade das jovens aliciadas para a prostituição. Imagem de divulgação.

No depoimento de uma moça, vítima do tráfico sexual, foi exposto como ocorre o aliciamento. Um rapaz se aproximou dela, dizendo-se apaixonado. Ela viajou com ele para Las Vegas, chegando no local ele a espancou, obrigou-a a ligar para o pai, dizendo que estava tudo bem e posteriormente vendeu-a para programas sexuais. Ela se salvou aproveitando uma distração do abusador, ligando para a sua tia.

Resultado de imagem para tricked documentário

No documentário uma das vítimas nara como foi aliciada e coagida a se prostituir. Imagem de divulgação.

Um depoimento de um cafetão é de cair o queixo diante de tanta psicopatia. O mesmo disse que é melhor vender mulheres do que vender drogas, que é muito mais perigoso. Em sua fala podemos perceber que ele as vê como mercadoria e sua propriedade, na utilizando do pronome “minhas” meninas (my girls).

Resultado de imagem para tricked documentário

As mulheres tem uma relação ambígua com os cafetões. Ao mesmo tempo em que eles as protegem as exploram. Imagem de divulgação.

O homem entrevistado, que explora mulheres, diz que tem diversas casas, limusines , expõe as jóias e cartões de crédito que possui, tudo a custo da exploração feminina.

Muitas garotas começam na prostituição, trabalhando para cafetães com apenas 12 anos,atendendo a pedófilos. Quando crescem vão para as ruas se prostituirem e continuam, sendo abusadas.

As meninas e mulheres são impelidas a entrarem nesse mundo, a grande maioria delas são comercializadas pelos próprios pais que querem dinheiro para comprarem drogas, outras se envolvem amorosamente com homens que aliciam para os cafetões, obrigando-as a se prostituírem.

As mulheres também são obrigadas pelos aliciadores a abortarem quando engravidam, utilizando métodos bizarros e quando não conseguem são espancadas até perderem a criança.

Um documentário pesado, mas que expõe a triste realidade da exploração sexual. O mesmo se passa nos Estados Unidos, mas podemos imaginar que a realidade no Brasil deve ser bem parecida, se não pior.

Data de lançamento 2013 (1h 16min)
Gênero Documentário
Nacionalidades Eua, Suécia
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s