Opinião: A Greve (Stacka) – Sergei Eisenstein. 100 anos da Revolução Russa

Sergei Eisenstein foi um dos maiores cineastas soviéticos, participou ativamente da Revolução Bolchevique e posteriormente se desiludiu com a mesma. Ele participou do movimento de Vanguarda Russa, que tinha como ideia principal, que a arte deveria servir ao processo revolucionário.

A Greve (1924) foi o primeiro filme do cineasta e lançou as bases da linguagem do cinema soviético. Após a Revolução de 1917, com a criação da União Soviética, as produções artísticas em geral se tornaram estratégicas para a propagação ideológica vigente.

O enredo versa sobre uma greve, que foi fortemente reprimida, em um distrito russo. A rigor pode ser qualquer movimento grevista, pré revolução. O dono da fábrica contava com “espiões” dentro do estabelecimento, dessa forma ficou fácil acabar com o movimento e punir os responsáveis.

Eisenstein foi didático, lembrando que o cinema era mudo, então o capitalista é bem estereotipado, enquanto que os delatores são associados a animais: macaco, raposa, coruja e bulldog. Os trabalhadores são ursos presos em correntes, obrigados a ficarem dançando para ganhar uns trocados. Não houve economia em mostrar cenas violentas, em meio ao conflito uma criança, brincando com um gatinho, é arremessada do alto de um prédio.

O cineasta trabalha constantemente com a dialética, pois em uma cena, em que a burguesia é retratada, é escura, passando um aspecto sombrio. Posteriormente, aparecem os proletários ao ar livre, com uma luz clara e uma paisagem bonita ao fundo, esse é só um dos exemplos.

Podemos dizer que as músicas são as narradoras (ou uma das narradoras, visto que em algumas cenas aparecem legendas), elas cumprem um papel essencial para a compreensão do enredo, construindo caminhos, não servindo só para preencher silêncios. O ritmo das músicas passa o sentimento de tristeza, traição, angústia e adrenalina.

O elenco é bem realista, pois o cineasta fazia questão que convidar pessoas comuns que haviam feito parte da Revolução.

O filme tem como principal objetivo exaltar o coletivismo do povo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s