Dica: Filme Em Nome de Deus (The Magdalene Sisters) – Peter Mullan

Estima-se que 30 mil mulheres estiveram presas nos “Asilos das Madalenas” por toda Irlanda. A última lavanderia foi fechada somente em 1996.

Esse filme faz parte do projeto do blog de resenhar no mês de março, obras de mulheres ou que as mesmas sejam protagonistas. Escolhi essa película por ser uma denúncia de atrocidades cometidas contra as mulheres.

A narrativa é baseada em fatos reais e se passa em Dublim, Irlanda em 1964. A história versa sobre a vida de três moças, que foram enviadas para um convento a fim de pagarem por seus “pecados”. Margareth foi estuprada em uma festa de casamento pelo seu primo, Bernadette é muito bonita e oferece uma ameaça aos homens da vizinhança, Rose e Crispina são mães solteiras.

As jovens trabalhavam nas “Lavanderias de Madalena”, que eram instituições patrocinadas e mantidas pela Igreja Católica na Irlanda, para o “depósito” de mulheres consideradas um perigo para a sociedade. Elas eram enviadas para lá com o consentimento legal dos pais.

Resultado de imagem para em nome de deus

As jovens eram simplesmente jogadas na lavanderia e de lá não podiam sair. Imagem de divulgação.

Esse lugar era o inferno na Terra. As moças tinham que trabalhar exaustivamente, lavando roupas sem nenhuma remuneração. A humanidade das meninas foi completamente retirada: elas vestiam as mesmas roupas, tiveram seus nomes trocados e não podiam conversar entre si.

O sadismo imperava completamente, em uma das cenas as jovens são expostas nuas e as freiras ficam comparando quem tem os seios maiores, quem é tem mais pelos….Apanhavam por nada, eram humilhadas e maltratadas ao extremo.

Resultado de imagem para em nome de deus

O sadismo imperava no ambiente. Imagem de divulgação.

Crispina quando estende as roupas no varal fica esperando sua irmã aparecer no portão para mostrar-lhe seu filho, com o passar do tempo, a jovem começa a apresentar sinais de loucura e depressão.

Margareth é uma das poucas moças que mantém alguma sanidade; Bernadette tem atitudes sádicas para com as outras jovens e Rose demonstra uma postura passiva, o que a faz sofrer bastante.

A corrupção e hipocrisia reinam no lugar. A irmã Bridget recebe o dinheiro pelo trabalho das jovens e não distribui adequadamente. O discurso proferido pelas freiras, era que as jovens estavam ali para pagar seus pecados.

Dessa forma, tinham que agir igual a Maria Madalena, se abster de prazeres carnais, incluindo comida e bebida. No entanto, as freiras se serviam de pães com geleia e outras guloseimas, enquanto as moças comiam alimentos de aparência esquisita (sempre uma sopa esbranquiçada).

Sexo, fora do casamento, é considerado um pecado mortal para a alma, mas Crispina era abusada sexualmente pelo padre que cuidava do lugar.

O resto vou deixar para vocês descobrirem!

É um filme de denúncia que vale a pena conferir, aprender sobre o passado nos possibilita construir um presente e futuro melhores.

Direção: Peter Mullan
Gênero Drama
Nacionalidades Irlanda, Reino unido

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s