Resenha livro: O Velho e o Mar – Ernest Hemingway

Ernest Hemingway foi um escritor norte-americano, que ganhou o Prêmio Nobel de Literatura em 1954, e o Pulitzer em 1953. O autor é conhecido pelas obras “O Velho e o Mar” e “Por quem os sinos dobram”.

O referido escritor influenciou fortemente a literatura dos anos 30 e 40, tanto por seu estilo, quanto pelo tema e ambientação de seus romances. Gabriel García Márquez considerava Hemingway como o escritor que mais o influenciou.

A narrativa versa sobre o experiente Santiago, que estava em uma maré de azar e não conseguia pescar nenhum peixe. Seu único amigo, chamado Manolin, era um menino que o amava como um avô.

Os pais do garoto o proibiu de viajar junto com o velho, pois ele há muito tempo não apanhava peixe algum. Dessa forma, ele começa a viajar em outros barcos. O menino fica extremamente triste, mas tinha que obedecer aos pais.

Santiago não desiste e vai ao mar novamente para tentar pescar um peixe grande. O protagonista tinha um grande respeito pelo mar e pela natureza e nutria grandes esperanças.

Em um determinado momento ele vê um grande peixe se aproximando, a luta entre Santiago e o peixe dura três dias, até que o velho consegue amarrá-lo junto ao barco.

“Mas estavam navegando os dois juntos, ligados um no outro, e o velho pensou: Deixe que seja ele que esteja rebocando, se isso lhe agrada. Só consegui ser melhor do que ele por uma traição e ele não me desejava nenhum mal.”

Santiago cortou um pedaço da carne e viu que tinha excelente sabor. Era dura, não tinha fibras e o velho sabia que conseguiria vendê-la por um preço muito alto no mercado.

33842216_1022288691268038_7675317668479500288_n(1)

Em um determinado momento Santiago pressentiu alguma coisa muito má se aproximando….Navegando por duas horas, descansando para recuperar suas forças, ele avista o primeiro dos dois tubarões. Tinham farejado o peixe e estavam muito excitados e, com grande fome, ainda não sabiam onde estava sua presa.

Santiago sentia-se até aquele momento recompensado por seu trabalho duro e esperava que a aventura terminasse ali. Mas, a vida não é como planejamos…

Hemingway explicou  que sua intenção com essa obra foi contar uma simples e acessível narrativa. No entanto, embaixo da superfície história há uma mensagem.

Um dos propósitos da existência humana é superar a  natureza animal contida em todos nós. Na história ela é representada pelos tubarões.

O protagonista tinha um grande respeito pela natureza onipotente, pois sabia que era fraco perante ela, ou seja, somos fracos também perante a nossa própria constituição.

Hemingway em O Velho e o Mar dialoga com a saga dos grandes heróis e mitos que colocam o ser humano em confronto com deuses ou com forças sobrenaturais. De fato, o embate entre o homem e a natureza foi um tema bastante explorado pelo autor.

Santiago é um homem que viveu grande parte da sua vida na solidão do alto-mar, com seus sonhos e pensamento, lutando pela sobrevivência. A personagem fez de “O Velho e o Mar” uma obra-prima do nosso tempo.

 

11 comentários

  1. Oi Juliane, adoro seu blog, sempre com grandes indicações. Li esse livro em janeiro deste ano. Acho que eu tinha muita expectativa e no fim eu achei que o livro não fez nenhum sentido para mim. Resolvi reler. E a sensação foi bem essa que você passou aqui, é uma história simples, que nos leva a entender que tem coisas que, por mais que a gente se esforce, não tem como vencer, em virtude das nossas fraquezas/características pessoais . Beijos.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Uma dica muito interessante. Como você mesmo disse, precisamos saber o momento certo de ler certos livros. Acho que hoje em dia eu conseguiria ler com essa lente que você apresentou.
    Muito bom seu texto.
    Abraço.

    Curtir

  3. Juliane, nao li ainda, mas com seu texto fiquei bem interessada. Meu livro de cabeceira é “on Writing” que tem trechos de cartas e textos sobre o ato de escrever. Maravilhoso, pois ele tem uma relação muito sincera com o que produz e isso fica muito evidente em “on Writing”, que é quase um “manual de como fazer” para qualquer escritor. Leitura obrigatória também! Agradeço seu texto. Abraço.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s