Resenha Filme: Maria Cheia de Graça – Joshua Marston

Resultado de imagem para maria full of grace

Maria Cheia de Graça conta a dramática história da personagem Maria, uma jovem colombiana de 17 anos, que mora no interior do país, e se vê pobre, sem recursos e grávida de um rapaz, de quem não gosta.

Resultado de imagem para maria full of grace

Maria trabalhando desfolhando rosas. Imagem de divulgação. 

As vias do desespero, a jovem conhece Franklin, que oferece para ela o trabalho de mula. Ela deveria carregar drogas em seu próprio corpo e passar pela polícia norte-americana.

O procedimento é extremamente perigoso, se alguma cápsula se romper ela morrerá. Maria oculta dos traficantes que está grávida e aceita transportar a droga.

A cena em que a protagonista engole as capsulas é desesperadora e o filme mostra todos os detalhes.

Resultado de imagem para maria full of grace

Cena em que Maria engole as cápsulas. Imagem de divulgação. 

No avião sua amiga Lucy, que já havia transportado duas vezes, começa a passar mal. Esses momentos são agoniantes.

A trilha sonora é marcada por ritmos latinos, fazendo com que acentue bem a ideia de que a narrativa é uma realidade latino-americana.

O filme não aborda muito o contexto socioeconômico, da qual Maria é vítima indireta. Mostra somente que ela mora no interior da Colômbia e que lá a única opção de emprego é trabalhar desfolhando rosas.

No entanto, o problema colombiano é mais complexo. O país até pouco tempo estava mergulhado em uma guerra civil, que dizimou vidas e desestabilizou a economia, gerando muita pobreza.

Com o mundo mergulhado na guerra fria e as ditaduras militares, dominando a América Latina, surgiram grupos de guerrilhas, que visavam derrubar os governos e implantar um estado alinhado a União Soviética.

Nesse contexto, surgiram na Colômbia as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia – FARC, eles são um grupo militar de ideologia marxista-lenista.

Resultado de imagem para conflito das farcs

O conflito entre a FARC, os grupos paramilitares de direita e o governo renderam muitas mortes e pobreza. 

Na década de 80, houve o aparecimento de grupos paramilitares de direita, encorajados por setores das Forças Armadas e grandes latifundiários, a fim de combater a FARC.

Farc

Atualmente a FARC e o governo colombiano estão em processo de paz. Foto de guerrilheiros da FARC/Anistia Internacional. 

Tanto a FARC, quanto as guerrilhas de extrema direita se associaram ao tráfico de drogas. Todos esses aspectos aprofundaram a violência e a pobreza.

No aspecto individual, da vida de Maria, percebemos que sua avó era mãe solteira, assim como sua mãe e a irmã mais velha. A protagonista repetiu o padrão familiar das mulheres da família, também engravidando na adolescência.

O que ocorre com um indivíduo não decorre apenas de condições internas a ele, mas também de um intenso intercâmbio com o contexto histórico familiar. As decisões individuais reverberam em todos na família, inclusive nas gerações posteriores, até que alguém resolve quebrar com o ciclo.

Fica a dica de um filme dramático, sobre um tema tão terrível e como o tráfico de drogas.

 

Anúncios

5 comentários sobre “Resenha Filme: Maria Cheia de Graça – Joshua Marston

  1. Ju, não sabia como as FARCs haviam começado. Quanto à gravidez na adolescência, acho que acaba sendo algo ruim, não por causa do ciclo familiar, mas porque o governo/escolas normalmente não têm preparo para atender a essas mães. Não há creches que deem conta, então as mães adolescentes são obrigadas a abandonar os estudos em prol dos cuidados com o neném. E muitas são mães solo, sem ajuda nenhuma de ninguém, por sofrerem preconceito por “terem transado” cedo.

    Curtido por 1 pessoa

    • Oi Renata, Bert Hellinger pesquisou sobre os ciclos familiares, que não envolvem só a questão da gravidez na adolescência. O que acontece é que os filhos normalmente se identificam com a dor dos pais e a reproduz em suas vidas, buscando o mesmo destino deles. Isso não é regra, mas acontece com bastante frequência. O que dá para ver no filme, é que a avó, mãe e irmã foram mães solteiras. Mas, com certeza, faltou ação do Estado e da sociedade em relação ao problema (no Brasil a mesma coisa). É como o Karl Marx disse: “A sociedade faz o homem e o homem faz a sociedade”. Uma coisa enlaça na outra. Obrigada por comentar! Bjs!

      Curtido por 2 pessoas

  2. Sua leitura sobre a situação na Colômbia é muito boa. O tráfico de drogas é um problema muito sério, que só traz prejuízos para quem não tem nada a ver com isso. Outro filme que aborda o tema é ‘Onde os fracos não têm vez’, baseado no livro ‘Onde os velhos não têm vez’. Recomendo o filme e o livro. Tenho um resenha do livro no meu blog.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s