Resenha filme: Clair Obscur – Yesim Ustaoglu

Clair Obscur é um filme turco de produção alemã. Um longa muito bom, com uma narrativa, que traz várias reflexões;  uma fotografia bonita e  atuação de atores  excelente!

maxresdefault
O mar nessa obra é uma metáfora para a força e a liberdade.

A história traz duas protagonistas, a jovem Elma e a psiquiatra Dra. Sehnaz.

 As duas mulheres são turcas, e  muito diferentes, com históricos, mentalidades e vidas distintas.

clair-obscur2 (1)
Dra. Sehnaz (Funda Eryigit) é psiquiatra e vive um relacionamento abusivo com o marido, apesar da aparência de casal perfeito.

Pertencem a  classes sociais diferentes, mas compartilham o fato de serem mulheres em uma sociedade machista.

Elma vive reclusa dentro de um apartamento, é casada com um homem bem mais velho, passa o dia inteiro, cuidando da sogra doente, cozinhando e lavando. Percebemos que ela vem de uma família de muçulmanos religiosos, pois usa lenço na cabeça. 

Quando olhamos a vida da jovem nos dá claustrofobia, ela é extremamente presa em um cotidiano sem nenhum desafio ou emoção. Elma vive olhando a jovem vizinha, que dança e canta, morrendo de vontade de fazer o mesmo.

Sehnaz é casada e trabalha em um hospital, vive em uma casa muito bonita, com seu marido e um gatinho.

A médica demonstra não ser religiosa, pois frequenta baladas e não usa lenço na cabeça.

Aparentemente, seu relacionamento com o marido é bom, porém, percebemos, que o rapaz vive de pornografia.

Em relação a Elma, as cenas mais terríveis é quando o marido de jovem tem relações sexuais com ela, são verdadeiros estupros.

Nitidamente, a moça não quer, mas é forçada pelas circunstâncias. Ela pede todas as noites, a Alá para que seu marido fique longe dela. 

Em uma manhã muito fria, as vizinhas veem Elma na sacada do apartamento paralisada. Elas chamam a polícia e uma ambulância e é constatado, que a jovem assassinou a sogra e o marido (não é spoiler no início já sabemos que vai acontecer).

Elma é levada para o hospital psiquiátrico, pois não se lembra de nada. A Dra. Sehanaz é chamada e começa a tratar a moça.

Começamos a descobrir algumas coisas sobre o passado de Elma, ela diz ter 18 anos, no entanto, parece ter no máximo 15. Seu pai fraudou sua identidade para que ela pudesse se casar.

A jovem demonstra um stress pós-traumático terrível, pois fica o tempo inteiro dizendo: “Eu fiz tudo certo, eu dobrei o lençol certo”.

clairobscur_04
As cenas em que Elma tem surto psicótico são muito bem feitas, transmitindo desespero e angústia.

A partir do tratamento com Elma, Sehnaz começa a questionar sua própria vida, com um marido, que não a enxerga; ela percebe que está em um relacionamento abusivo.

Para poder ajudar Elma, Sehnaz opta por fazer constelação familiar e assim descobrir o que causou tamanho estrago na vida da jovem.

Essas cenas são muito bem feitas, com uma excelente atuação das atrizes.

Elma vem de uma família do interior da Turquia muito pobre e foi retirada da escola aos 13 anos. Ela tem vários problemas com os pais, que não relatarei tudo para não dar spoiler.

Esse filme traz importantes reflexões sobre muitos problemas, que ocorrem com as mulheres no mundo inteiro, inclusive no Brasil.

Como casamentos forçados de mulheres extremamente jovens e meninas que são retiradas da escola para ajudarem seus pais.

Ao mesmo tempo, existe a ideia de que o machismo só acontece nas classes mais baixas o que não é verdade.

Como mostra o filme, várias mulheres da classe média e da elite vivem relacionamentos abusivos. Lembramos do caso recente, muito comentado na mídia, da Luiza Brunet com seu ex-marido.

Fica a dica de um filme muito bom, que com certeza te fará refletir sobre a condição terrível em que vivem ainda muitas mulheres.

https://www.youtube.com/watch?v=XXFctksBuMo

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s