Resenha série: La Casa de Papel – Álex Pina (primeira temporada)

La Casa de Papel é uma série espanhola veiculada no Brasil pela Netflix. De início posso dizer, que gostei tanto, logo fiz uma resenha gigante. Tive que cortar…risos….

A narrativa versa sobre um grupo de 8 ladrões e um “Professor”, que pretende realizar o maior assalto da história, na Fábrica Nacional de Moneda y Timbre de España. 

O roubo foi planejado minuciosamente pelo Professor, que recrutou a dedo os 8 bandidos, a fim de que o ataque fosse perfeito.  

Após serem selecionados e convencidos de roubar mais de 2 milhões de euros, eles se reuniram em uma casa afastada em Toledo, para estudarem e treinarem por 5 meses, pois nada poderia sair errado.

A série começa com a personagem Tóquio, que é a narradora. Ela que nos apresenta todos os personagens.

Sem título

Úrsula Corberó  é Tóquio. A cor vermelha acompanha a série inteira, significando a violência presente, mas também outras coisas. Prestem atenção na música, que eles cantam quando comemoram algo que aconteceu.

Sem título1

A cor vermelha está presente em vários detalhes.

Cada um tem sua função dentro da organização e nenhum deles tem nada a perder.

Tóquio, por exemplo, é procurada pela polícia, por ter matado um policial em um assalto.

A partir disso, vamos conhecendo a história de cada um dos bandidos e de alguns reféns a partir de flashbacks.

Sem título4

Berlim (Pedro Alonso) é assaltante de joalherias. Considerado uma pessoa narcisista e pouco empática. Ele é o líder do grupo dentro da Fábrica.

Professor, como o cabeça da operação, seria o único que não entraria na Fábrica Nacional de Moneda y Timbre, ele coordenaria tudo de fora.

Sem título3

Alvaro Morte como Professor. As cenas em que ele aparece são normalmente escuras, evidenciando seu caráter ambíguo.

Nenhum dos bandidos poderia conhecer profundamente nada à respeito do outro, nem mesmo saber seus nomes, por isso, todos ganharam apelidos de cidade.

Sem título6

Oslo e Helsinki são gêmeos e os únicos estrangeiros do grupo, são sérvios.

É impressionante como o Professor sabia de tudo, que poderia acontecer. Para isso, ele treinou os 8 ladrões para qualquer tipo de problema que pudesse ocorrer

Logo no início, os bandidos conseguem entrar no local e fazer os funcionários e alunos de uma escola britânica de reféns. Todos haviam sido minuciosamente estudados.

Sem título12

Uma das reféns é Monica Gaztambide (Esther Acebo) terá vários problemas e muitos desdobramentos.

Ao dominarem o local, os ladrões obrigaram a todos a se vestirem iguais a eles e a utilizarem a máscara do Dali.

vermelho

Todos se vestem igual, dificultando muito para a polícia. O vermelho volta a aparecer.

Em uma situação que depende completamente das pessoas, por mais que o Professor tenha planejado cada detalhe, é claro que em muitos momentos as coisas saíram do controle.

Sem título13

As coisas podem sair completamente do controle do Professor.

A personalidade dos ladrões também é complexa. Tóquio é impulsiva e muitas das vezes infantil, em combate comete alguns erros, mas em outros, sua atuação foi decisiva.  

Sem título8

As máscaras do Dali dão medo, mas ao mesmo tempo são engraçadas.

Nairóbi é uma das minhas personagens favoritas, além do Berlim e do Professor. É uma pessoa sempre disposta a ajudar.

Nairobi

Nairóbi (Alba Flores) é uma das minhas personagens preferidas.

A figura do Professor é a mais esquisita. Ele possui um caráter extremamente sinistro, inteligentíssimo, culto e domina o idioma russo com tranquilidade.

Durante a série, eu me perguntava, quem é essa pessoa? Tóquio diz no início, que ele é um fantasma, pois, não há  registro dele em lugar nenhum. Também, fica claro que o Professor não é como os outros ladrões. Como funciona a mente de uma pessoa que arquiteta um plano desses? O objetivo dele é somente dinheiro?? São alguns questionamentos.

Interessante pontuar, que o Professor não pretende roubar a população, mas fabricar seu próprio dinheiro. Para isso, ele precisa de tempo, entrando em um jogo de gato e rato com a polícia e a imprensa. É importante, que nenhum dos reféns saia ferido, pois ter a mídia ao lado deles é uma das estratégias. 

Lembramos que a Espanha passou um longo período de recessão, com o desemprego chegando a 30%. Muitos questionamentos surgiram nesse período em relação ao sistema. 

Raquel Murillo é a inspetora chefe, que negocia com o Professor. Também, é uma personagem bem complexa. Ela está em um processo de divórcio litigioso e está processando o ex-marido por maus tratos. Porém, ele trabalha com ela na polícia científica. As coisas se complicam muito por conta desse cenário.

Sem título14

Itzar Ituño como Raquel Murillo. As cenas dos policiais também são escuras e sombrias.

Em muitos momentos, fica difícil para a personagem separar sua vida pessoal da profissional.

Imaginem 8 ladrões estão dentro da Fábrica Nacional de Moneda Y Timbre, com muitos reféns, dentre eles vários adolescentes. Ninguém de fora sabe nada a respeito deles. O assalto pode ser o maior da história, mas também pode se tornar a maior carnificina.

A fotografia e as músicas são excelentes, pois produzem muitos sentimentos, ajudando a narrar a história. Tudo muito bem feito e pensado, nada está ali à toa.

Sem título9

Essa cena é muito boa, quando toca Ode a Alegria de Beethoven.

Eu posso dizer, que amei a série, pois não conseguia parar de assistir. Estou ansiosa pela segunda temporada.

Não posso falar mais, pois correrei o risco de dar spoilers. Quem assistiu deixa nos comentários o que você achou!!

 Veja resenha da segunda temporada: https://juorosco.blog/2018/04/14/resenha-serie-la-casa-de-papel-alex-pina-segunda-temporada/

Fica a dica de uma série maravilhosa!!!

 

Bella Ciao foi uma música composta na Segunda Guerra Mundial e era cantada pelos partisans italianos (resistência), que lutavam contra os nazistas.

Adeus Linda (Bella Ciao):

Por todos aqueles que nós estendemos o braço aberto

Esta manhã, acordei
Linda, adeus, linda, adeus, linda, adeus, adeus, adeus
Esta manhã, acordei
E encontrei o invasor
Oh, guerrilheiro, me leve embora
Linda adeus, linda adeus, linda adeus, adeus, adeus
Oh, guerrilheiro, me leve embora
Pois sinto que vou morrer
E se morro como guerrilheiro
Linda, adeus, linda, adeus, linda, adeus, adeus, adeus
E se morro como guerrilheiro
Você deve me enterrar
Enterrar lá em cima, na montanha
Linda, adeus, linda, adeus, linda, adeus, adeus, adeus
Enterrar lá em cima na montanha
Embaixo da sombra de uma bela flor
E as pessoas que passarão
Linda, adeus, linda, adeus, linda, adeus, adeus, adeus
E as pessoas que passarão
E dirão, “Que bela flor”
É esta a flor do guerrilheiro
Linda, adeus, linda, adeus, linda, adeus, adeus, adeus
É esta a flor do guerrilheiro
Morto pela liberdade

Rabino Dudu e La Casa de Papel. Excelente vídeo!

 

Anúncios

13 comentários sobre “Resenha série: La Casa de Papel – Álex Pina (primeira temporada)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s