Resenha filme: Mom – Ravi Udyawar

(aviso de gatilho)

Mom é um filme indiano que trata de assuntos fundamentais como: Estupro, machismo e impunidade.

Devki é a protagonista, uma professora de ensino fundamental, madrasta e esposa de uma família típica da classe média indiana. Tudo em sua vida corre bem, até que uma tragédia acontece. 

Arya, a filha mais velha, pede para ir à uma festa, que seria a maior em Nova Delhi, o pai permite, mas deixa claro que a jovem deve obedecer ao horário estabelecido de chegada.

Mom.png
Shree Amma Yanger Ayyapan (faleceu em 2018) como Devki.

Na balada, tudo está dentro da normalidade, até que um rapaz é rejeitado pela moça e não consegue lidar com a frustração.

Os amigos se “solidarizam” com o moço e bolam um plano: drogariam Arya e a estuprariam, ela não aceita a bebida e o plano acaba não dando certo.

Mom5.png

Então, eles raptam a jovem na porta da balada. Depois de praticamente uma noite inteira sendo abusada pelos rapazes, eles a jogam em um córrego.

O crime choca o país, muitas pessoas se revoltam com tamanha monstruosidade.

Os rapazes vão a julgamento e conseguem sair ilesos por brechas na lei.

Arya consegue sobreviver, no entanto, as sequelas psicológicas são permanentes.

O cineasta optou por mostrar de maneira realista como a jovem lida com o trauma e realmente é muito triste e chocante.

Mom4.png
Arya tem uma vida comum, até a tragédia acontecer.

Diante de tamanha injustiça Devki não tem dúvidas, partirá para a vingança.

As maneiras, como ela escolhe se vingar são um pouco ingênuas e até inverossímeis.

Acredito que houve um incentivo, por parte da narrativa, para não acreditarmos nas instituições e não lutarmos coletivamente por justiça. A procura por uma vingança particular contribui para a continuidade da mentalidade, em relação ao machismo não venha a ser mudada.

No entanto, compreendo o sentimento de vingança e acho legítimo, mas acho que isso deveria ter sido trabalhado de uma forma melhor. 

Apesar de tratar-se de um filme indiano, a violência contra a mulher e crimes de estupro são comuns no Brasil, por isso, o filme diz sobre a nossa realidade.

O Brasil tem 12 assassinatos de mulheres e 135 casos de estupros por dia, esse número é muito alto.

Por essas questões, deixo a dica para vocês de filme importante para refletirmos a respeito de um problema tão sério.

Me siga no Instagram: https://www.instagram.com/oroscojuliane/

 

Anúncios

2 comentários

  1. É interessante ver como os indianos tratam de seus problemas, uma sociedade, como bem disse você, bem próxima da nossa. Filmes que chocam pela realidade deveriam ser mais explorados para chocar menos, uma vez que esse tipo de realidade deve ser combatida com todas as armas possíveis.
    Abraço.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s