Resenha filme: Bird Box – Susanne Bier

“Aonde quer que eu vá, eu descubro que um poeta esteve lá antes de mim” Sigmund Freud

Quando assisto ou leio obras como “Bird Box”, me lembro dessa frase do Freud, também me recordo que muitos escritores e poetas anteviram elementos de regimes, que viriam em anos seguintes . Por exemplo,  “Nós” de Ievguêni Zamiátin anteviu o regime stalinista, o mesmo ocorreu com Franz Kafka em “O Processo”, que continha muitos elementos do que depois veio a ser o regime nazista. 

Se levarmos em consideração o que nos diz: “Admirável Mundo Novo”, de Aldous Huxley, “O Conto da Aia” de Margaret Atwood ou a série “The Walking Dead”, seríamos mais atentos ao nosso presente e as possibilidades futuras. 

A primeira cena de Bird Box nos chama a atenção, Mallory (Sandra Bullock) está vendada, dando ordens para duas crianças não retirarem a faixa dos olhos de forma alguma.

Temos um flash back e conhecemos a história pregressa da protagonista, que é artista e está grávida.

sandra bullock gestante
Mallory (Sandra Bullock) indo ao hospital fazer pré-natal.

Mallory e sua irmã assistem ao noticiário e veem notícias catastróficas sobre uma “coisa”, que está se propagando pela Rússia e Romênia, causando várias mortes.

Esses seres sussurram nos ouvidos das pessoas, geram tristeza e levam-as a se matarem.

bird box - garota venha comigo
Mallory e as duas crianças precisam atravessar um rio para conseguirem viver.

Logo, esse fenômeno chega aos Estados Unidos e as pessoas começam a se suicidar e o caos é instaurado.

suicidas nas ruas
A “coisa” chega aos Estados Unidos e o caos é instaurado.

A protagonista consegue se salvar, sendo resgatada por um rapaz que se chama Tom, assim ela consegue entrar em uma casa.

Dentro da residência, muitos desafios: Conviver com pessoas desconhecidas, conseguir comida e principalmente não olhar para fora, pois se isso acontecer é morte na certa.  

bird box - um grupo consegue entrar na casa.
Mallory e um grupo conseguem entrar em uma casa.

A dificuldade maior é conciliar os valores diferentes de cada um. Por exemplo, em nome de uma caridade, uma pessoa coloca em risco todos os habitantes da casa, dando guarida para alguém que pode representar um perigo para os outros.

Em contrapartida, outro personagem pensa em abandonar a todos e viver em um supermercado, não se importando se os que ficaram morrerão de fome.

Se fora da casa é difícil, dentro os problemas de relacionamento não são poucos.

 A narrativa se desenvolve e Mallory precisa fugir com duas crianças, através de um rio e todos precisam permanecer vendados. Fica o suspense, eles conseguirão?

bird box - perdidos
Todas as cenas e enquadramentos são muito bem feitas. A câmera dá o destaque aos atores, que são excelentes.

Durante o filme, me perguntava o que a “coisa” representa em nossa sociedade.Uma hipótese é que seja uma metáfora para o consumo e vício em drogas, ou em qualquer elemento que possa nos viciar. Os olhos são a porta de entrada para tudo, não por menos compreendidos como a janela da alma. 

E por que não podemos olhar? Porque uma pessoa influencia o comportamento da outra, esse olhar significa se interessar em ser e consumir o que os outros consomem. Ninguém se vicia sozinho e o uso de droga gera comportamentos suicidas matando de forma lenta ou rápida.

No Brasil, por exemplo, há uma epidemia do crack, em que 2 milhões de pessoas são atingidas.

cpt1lbiwiaez2ys
Grazi Massafera representou o drama de uma viciada em crack, na série “Verdades Secretas.”

Não é só o crack que cresce, entre os mais abastados outras drogas são populares e não menos letais. Em São Francisco, nos Estados Unidos, há uma proliferação de metanfetamina, em diferentes classes sociais.  

A psicóloga Gabriela Sousa Graneiro desenvolveu a teoria de que a “coisa” é uma metáfora para a depressão. Também, faz bastante sentido, visto que, a depressão gera suicídio, uma doença que se tornou uma epidemia no ocidente.

A obra que Mallory está pintando no começo do filme, nos indica como está a sociedade, as pessoas estão solitárias e com dificuldade em se conectar. Essa cena nos indica a causa da pandemia da “coisa “. 

bird box - quadro com pessoas solitárias.
Essa cena é impressionante, pois nos transmite a solidão e a tristeza que a protagonista deseja transmitir através de sua obra.

A própria personagem tem dificuldade em se relacionar com a mãe e de se apegar ao feto, mesmo a gravidez já estando em seus 7 meses mais ou menos.

O filme foi baseado no livro homônimo, em português “Caixa de Pássaros”, autoria de Josh Malerman. Ainda não li a obra, mas está na minha lista, pois posso dizer que pertenço ao time que adorou o filme.

Infelizmente, não posso falar mais sem incorrer em spoilers.

Fica a dica para você de um longa-metragem bem feito, que traz bastante reflexões.

Me siga no instagram! https://www.instagram.com/oroscojuliane/

https://www.contioutra.com/bird-box-psicologa-desvenda-mensagens-subliminares-do-filme/

https://noticias.r7.com/saude/epidemia-de-crack-atinge-dois-milhoes-e-coloca-brasil-no-topo-do-ranking-de-consumo-da-droga-29052017

Anúncios

8 comentários

  1. Ju eu já disse e não canso de falar que adoro suas resenhas, principalmente quando relacionada com outras obras e textos! Você com certeza ia adorar fazer a disciplina de Literatura e Cinema com o Prof. Marcos de Paula Soares (é uma disciplina do inglês, mas é livre para as demais habilitações). Cah

    Curtido por 1 pessoa

  2. Vir aqui é maravilhoso !Já te disse isso outras vezes adorooo suas resenhas ,a forma como você escreve nos encanta e nos enriquece !Também sou do time que gostou realmente é um filme que nos faz refletir😉

    Parabéns por mais esta resenha incrível! Um beijo

    Um beijo

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s