Resenha série: Cães de Berlim – Christian Alvart

“A vida é uma combinação de destino e livre-arbítrio. A chuva é o destino, a possibilidade de se molhar ou não, é sua. ”  Sri Sri Ravi Shankar

Cães de Berlim é uma série thriller alemã, que mostra o submundo berlinense, abordando temas como: máfia das apostas em jogos de futebol, neonazismo, tráfico de drogas, homofobia, xenofobia, corrupção e principalmente o livre arbítrio.

Os protagonistas são dois policiais, que formarão uma dupla bem diferente: Erol Birkan, alemão de origem turca, é desprezado pela família e comunidade muçulmana por ser policial e homossexual e Kurt Grimmer oriundo de uma família de neonazistas, também rejeitado em seu meio devido à sua profissão.

Erol Birkan
Fahri Ogün Yardim como o policial Erol Birkan.

Berlim é mostrada em todas as suas contradições e belezas, com fotografias muito bonitas, mostrando as várias classes sociais, etnias e ideologias, a cidade é também uma das personagens principais. Além dos cachorros que aparecem nas cenas com frequência.

Kurt Grimmer
Felix Kramer como Kurt Grimer.

No primeiro capítulo, já somos inseridos em um assassinato de um jogador de futebol muito famoso, alemão de origem turca, chamado Orkan Erden. O rapaz morreu um dia antes de jogar pela seleção alemã, contra a turca.

Kurt Grimmer depois de algumas manobras se torna o investigador do caso. No entanto, por se tratar de um caso de um jogador muito famoso de família turca, a polícia precisa de um policial da mesma comunidade para falar com a imprensa e assim, Erol Brikan também é nomeado responsável.

A primeira desconfiança recai sobre os neonazistas, que não assumem o assassinato, apesar de gostarem bastante da ideia.

Neonazistas
A desconfiança recai primeiramente sobre os neonazistas.

Posteriormente, desconfiamos da máfia croata que controla as apostas online e manipula jogadores e juízes para que determinar os resultados dos torneios.

Também, temos os libaneses, traficantes de drogas que estão tentando entrar no ramo das apostas dos jogos de futebol.

Mafia libanesa.png
A máfia libanesa controla o tráfico de drogas em Berlim.

Todos tinham motivos para assassinar Orkan Erden, porém, o roteiro não é óbvio, as pessoas e as tramas são bem complexas.

A narrativa é permeada pela violência, mas não é sem sentido, as cenas têm um porquê de terem sido construídas dessa maneira.

Neonazistas 2
Berlim é tomada pelo conflito entre neonazistas e mafiosos.

A série discute nas entrelinhas a questão do livre arbítrio, pois cães não os tem e podem ser condicionados, de acordo com a vontade do dono. Até que ponto nós somos determinados pelo meio?

A história dos policiais mostra que nossa origem nos influencia, porém, não nos determina, apesar dos dois ainda estarem presos em várias condições de seus grupos houve uma força para saírem do seus meios. 

Eu poderia  acreditar na inverossimilhança sobre o controle dos resultados nos jogos de futebol, porém, depois de ler o livro “Lucros de Sangue” soube que é extremamente possível.

Me siga no instagram! Lá eu posto tudo que li ou estou lendo! https://www.instagram.com/oroscojuliane/

Veja também, o livro “Lucros de Sangue”: https://juorosco.blog/2019/03/07/resenha-livro-lucros-de-sangue-vanessa-neumann/

A série está disponível na Netflix e vale muito a pena conferir!

Anúncios

2 comentários

  1. Juliane, curti muito a sua análise,também gostei dessa série! você já assistiu ao filme: ”Infiltrado na Klan” ? ótimo filme recomendo !!..Em 1978, Ron Stallworth, um policial negro do Colorado, consegue se infiltrar na Ku Klux Klan local. Ele se comunica com os outros membros do grupo por meio de telefonemas e cartas, e quando precisava estar fisicamente presente envia um outro policial branco em seu lugar.Depois de meses de investigação, Ron fica próximo do líder da KKK..

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s