Resenha filme: O Zoológico de Varsóvia – Niki Caro

A narrativa é baseada em fatos e se passa no período da ocupação nazista na Polônia.

Em setembro de 1939, os nazistas venceram o exército polonês.

Antonina
Jessica Chastain como Antonina Zabinski. A fotografia desse filme é lindíssima.

A ocupação alemã na Polônia foi extremamente brutal. Os nazistas entendiam a população polonesa como racialmente inferior.

Os nazistas visavam destruir a cultura polonesa e nas palavras de Churchill: “A Alemanha pretende que a Polônia sirva o deus alemão”.

Hitler invade a polonia
Em 1939, os nazistas invadiram a Polônia.

 Além disso, Hitler pretendia recuperar os territórios que formavam o antigo império prussiano e que após a Primeira Guerra Mundial se tornaram parte da Polônia.

Em 1940, os nazistas fizeram um plano de eliminar completamente a elite intelectual, o alto clero e a nobreza polonesa.

O caos se instala em toda cidade, os animais saem das jaulas e percorrem a cidade
Com os bombardeios constantes dos nazistas na cidade de Varsóvia o caos se instala.

O objetivo era acabar com qualquer tentativa de uma resistência, até 1942, o número de presos poloneses cristãos ultrapassava o número de judeus nos campos de concentração.

Tigre percorrendo os escombros
O caos se instala na cidade, sobra até para os animais.

Vários poloneses foram deportados a força para a Alemanha, para que agricultores alemães ocupassem os seus lugares.

As pessoas viviam bem antes da ocupação nazista
O filme mostra que as poloneses viviam muito bem antes da guerra.

É nesse contexto de extrema violência que se passa o filme.

Jan Zablinski e sua esposa Antonina são os responsáveis pelo zoológico.

Antes da invasão nazista na Polônia, já percebemos que o nazista, também zoologista, Lutz Heck tem pretensões de se apropriar dos animais.

Lutz Heck
Daniel Brühl como Lutz Heck.

Com a chegada dos alemães, ele com a desculpa de resgatar os bichos leva todos os que sobreviveram para Berlim e outras coisas acontecem aos animais durante o bombardeio.

Dentro desse contexto, o casal se vê forçado a se subordinar a Lutz Heck como uma forma de sobrevivência.

Jan e Antonina tem uma grande ideia, começam a criar porcos no zoológico que já estava sem animais.

Gueto de Varsóvia
Cena representando o gueto de Varsóvia. A realidade era bem pior do que a mostrada.

Para alimentá-los eles utilizariam as sobras do lixo do gueto de Varsóvia.

O destino dessa menina e realmente muito triste
O que acontece com essa menina judia é realmente muito triste e foi uma realidade.

O maior gueto nazista foi o de Varsóvia na Polônia, onde mais de 400 mil judeus foram colocados em uma área de 3.3 km quadrados. Outros guetos importantes foram feitos nas cidades: Lodz, Lublin, Cracóvia, Vilna, Kovno, Minsk e Bialystov.

vida precária nos guetos
A vida no gueto de Varsóvia era precária.

Em um bairro de Varsóvia onde moravam mil judeus, passaram a morar 4 mil pessoas, chegando a 400 mil posteriormente. O bairro foi cercado, a população não podia sair, havia falta de saneamento básico e muita fome.

Evacuação para o gueto
Cena da evacuação da cidade, os judeus foram obrigados a viverem em guetos.

Dentro dessa realidade, Jan Zablinski que já fazia parte da resistência, começa a resgatar alguns judeus, principalmente crianças e abrigá-los no zoológico.

Jan decide participar da resistência
Joan Heldenberg como Jan Zabinski.

Enquanto isso, Lutz Heck começa a se apaixonar por Antonina, a personagem vive em um dilema moral, utilizar isso para garantir a sobrevivência dela e de sua família, além dos judeus que ajuda, ou ser honesta que não tem nenhum sentimento por ele.

Assim, foram quase 300 “hóspedes” no zoológico de Varsóvia, 298 sobreviveram a guerra.

Jan Zablinski e Antonina foram considerados justo entre as nações pelo Yad Vashem/Jerusalém.

Super recomendo esse filme para quem quer conhecer um pouco mais da história a respeito do nazismo e os seus desdobramentos na vida das pessoas.

Filme muito bem feito, atuações muito boas e uma linda fotografia.

Me siga no instagram!! Lá eu publico todos os dias sobre os assuntos: Nazismo, Holocausto e Segunda Guerra Mundial: https://www.instagram.com/oroscojuliane/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s