Resenha livro: Charlotte – David Foenkinos

Em “Charlotte”, David Foenkinos nos conta a história da artista judia morta em Auschwitz-Birkenau, Charlote Salomon.

Charlote era uma jovem de 25 anos, quando entrou para Academia de Belas Artes em Berlim, era considerada uma jovem muito promissora.

Arte de Charlotte Salomon.

Com o nazismo sua vida se torna um completo inferno, assim como a do seu pai e de sua madrasta.

Ela pintou mais de 769 obras, enquanto se escondia dos nazistas no sul da França.
A jovem acabou sendo descoberta pelos nazistas e levada para o campo de Gurs na França.

Charlotte Salomon pintando suas telas na França, onde ficou refugiada.

O autor nos conta sobre a vida familiar difícil, a depressão da sua mãe e a de Charlotte, o relacionamento complicado com os avós maternos, principalmente o avô, que tornou pior a realidade da moça.

A artista faleceu aos 26 anos, grávida em Auschwitz-Birkenau, em 1943.

Charlotte com seus avós maternos.

A escrita de David Foenkinos é maravilhosa, ele reconstrói a história de vida de Charlotte a partir do livro dela “Vida? ou Teatro?”.

“Charlotte aprendeu a ler o seu nome num túmulo.

Portanto, ela não era a primeira Charlotte.”

Me siga no Instagram!

Nazismo e Holocausto: https://www.instagram.com/oroscojuliane/

Literatura, Cultura e História: https://www.instagram.com/juliane.orozco/

4 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s